sábado, 12 de março de 2011

Hoje me disseram que eu sou livre pra fazer o que eu quero.
Eu sempre fui.
Minha vida sempre foi um livro aberto, só que eu escrevia com uma caneta especial onde só eu podia ler.
Um livro que não se julga pela capa, por que é em branco, as vezes preto .. sempre muda conforme a história.


.. mais nunca deixou de ser aberto.


18 anos *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário