sábado, 19 de março de 2011



Ha dois dias, eu presenciei um acontecimento marcante pra mim, uma cena que eu jamais havia visto e nunca por opção queria ver, más ..



Um carro em alta velocidade ás 2 da matina teria nos matado se não fosse um poste o segurar. Numa curva ele perdeu o controle e foi de encontro com o poste.
Foi uma visão terrível, ele se machucou muito, o carro ficou irreconhecivel.
Quem diria .. foi fração de segundos, e alguns passos atrás eu teria morrido.
O cara do carro, é meu amigo, ficou pouco ferido, graças a Deus .. Espero sinceramente que ele tenha aprendido que velocidade máxima, carro e vida são coisas das quais a gente não deve brincar, por que se um anjo bom não o tivesse segurado um pouco mais forte, o pior aconteceria sem duvidas.
O estrondo foi grande, em questão de segundos após a batida, a rua inteira (já sem luz) estava pra 'prestigiar' o acontecimento.

.. Más que coisa, parece que nesse dia, a vida estava mesmo decidida a me pregar uma peça.
Eu saí do trabalho, e caminhei até mais a frente, no serviço de uma amiga, para irmos juntas ao shopping fazer algumas compras, uma situação normal, más como fui caminhando, não peguei o ônibus de costume, no horário de costume.
Ontem, quando cheguei no trabalho, exausta pelo transtorno da madrugada e ainda muito assustada, minha colega me disse algo que me fez pensar muito a respeito da vida, que muitas vezes a gente simplesmente não dá valor:
' Ainda bem que você não pegou Novo Horizonte ontem, ele estava lotado, e quando chegou em frente ao Vale Sul bateu, não sei se houve feridos, mais foi feio.'

Parece que do susto eu não escaparia mesmo, más escapei do pior !
.. o importante não foi o carro que era zero, não foi o poste de luz ou a calçada que trincou inteira, o importante foram 5 vidas salvas, 5 vidas que provavelmente não estariam aqui hoje pra contar a história se não fosse a mão de Deus.

Deu tudo certo, Obrigada Senhor, e obrigada meu pai, que eu sei que de onde está, está olhando por mim, e sempre me mostrando escolhas e caminhos certos.
Eu te amo muito meu anjo, e eu sei que foi você quem segurou o Alexandre para que possamos viver na saudade de você por mais tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário