segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Decididamente, não sei o que acontece com o mundo, ou pelo menos com a maior parte dele.
Mudaram o adjetivo de melhor amigo para M.A, que não faz sentido algum, afinal as letras existem para formar uma palavra, não para abreviar ela.
Mudaram os conceitos sobre felicidade. Agora uma pessoa feliz, é uma pessoa magra, de cabelo loiro e olhos claros, ou que pelo menos seja rica, muito rica, para que possa ficar assim.
O amor já não existe mais, por que acabou todo aquele encanto que existia no olhar, e acabou por que as pessoas não se olham mais nos olhos, por que tem medo de mostrar a verdade que ha por trás deles, se é que ainda existe verdade.
Falar sobre tudo agora é muito mais fácil, tem um programinha que você fala com as pessoas em tempo real, então é mais fácil dizer que gosta, que odeia, que quer ficar, que é bonita ou feia. É muito mais fácil de fato falar com uma tela com foto de canto, por que não pensaram nisso antes?
Ahh, não pensaram por que as mentes geniais estava procurando a cura pra AIDS, Cancer, talvez por isso.
Mais agora, chegamos a conclusão de que todos vamos morrer cedo ou tarde, então é bobagem perder tempo com isso. Vamos criar programas pra adolescentes vazios que não sabem pensar por si. Vamos criar virús para as pessoas sem o minímo de inteligencia clicar e tirar todo o pessoal dela.
O mundo evoluiu de uma forma incrível, só se esqueceram do essencial, do básico, do que a tia da pré-escola falou no primeiro dia:
- Não pode bater no coleguinha, passar por cima dele, falar nomes feios e ofender ninguém.
Se esqueceram que os magnificos programas vão diminuir cada dia mais as vagas de emprego, e diminuindo as vagas, vão tirar seus trabalhos, seus próprios trabalhos, afinal, um robo altamente qualificado não precisa de você, e o dono do robo ainda menos.
O mundo 'evoluiu', e 'evolui' a cada dia.
..Mais como já dizia nosso velho químico, 'Cada ação, provoca uma reação'.

Um comentário:

  1. Pra que dizer pra um jovem vazio o quanto ele é patético? É como ensinar matemática pra um bebê. (Perca de tempo!)Mas vamos tentar ser diferentes, pro mundo não se contaminar ainda mais.
    Como diria meu mestre Renato Russo: "Vamos celebrar a estupidez humana..."

    ResponderExcluir