quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Pra você amor (:

Eu te deixei pra la hoje, pode ser que seja só por mais uma semana, uma mais um mês,  e essa lembrança chata volte, mais hoje, talvez só por hoje, eu te deixei pra la.
Te chutei da minha vida, como se fosse uma lata de lixo na frente do meu carro, como se fosse uma latinha de cerveja nas noitadas da vida.
Eu te excluí como quem excluí um estranho de uma conversa intima, como quem excluí uma música antiga de um MP3, joguei você fora da minha vida, como se fosse uma roupa velha, um caderno usado que não tem mais valor.
Você foi exatamente isso, um caderno, onde eu confiei minhas verdades, meus sentimentos, meus medos, onde eu escrevi uma história linda, onde eu colei momentos marcantes, um caderno lindo, que eu ainda tenho guardado, mais hoje eu notei que foi só um rascunho, foram só pequenas frases, marcantes, mais como todas as frases, curtas, rascunhos de um grande poema.
É, você já era *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário